O ano sem respostas

29 dez

O texto que você está prestes a ler não se parece nada com um conto de fadas… Mas mesmo assim, existe um Rei cuidando de uma princesa. Fique à vontade se quiser comentar. Boa leitura!

————–

De início achei que o problema estava na adaptação pós CTMDT. Depois achei que estava comigo. Depois achei que estava na igreja. Depois achei que era da falta de amigos. Depois, depois, depois…

O ano de 2011 foi um ano muito complicado. Semana passada, em uma reunião com amigos íntimos da nossa família, expus que em 2011, eu tinha ganho tantas coisas nas áreas palpáveis (material, financeira), mas pouquíssimo onde não podia enxergar.

Quanto mais eu buscava o Senhor, menos tinha respostas. Quanto mais eu tentava ouvi-lo, mais os meus ouvidos eram tapados. Já aconteceu isso com você?

Se eu pudesse contar pra vocês o que aconteceu conosco nesse ano, muitos ficariam de boca aberta, mas não poderia fazer isso. Além de ser antiético, creio que acima dos nossos sofrimentos e lutas, NUNCA devemos expor ninguém, porque todos fazem parte da mesma família e estão suscetíveis aos mesmos erros. Muitos que nos viram escrevendo coisas profundas e reflexivas no Twitter, mal sabiam que por trás daquelas palavras estava nossa história.

Nossos amigos mais próximos ficaram sabendo de toda “a novela” que nos envolveu do meio do ano pra cá e quero agradecer a estes (que sei que estão lendo!), que nos ouviram, aconselharam e oraram por nós. Que seria de nós sem vocês?

Também não posso deixar de citar um dos melhores presentes que já tive. Pude conviver com a pessoa mais incrível que Deus me deu de presente. A companhia do Kleberson muitas vezes me animou, me ajudou a caminhar a segunda milha e a não desistir. Amo vc! Agradeço muito a Deus por eu ter escolhido tão bem! (Não ter escolhido bem poderia me garantir um pesadelo na vida real. Anotaram, meninas?)

Nos tempos difíceis, você pode provar o significado da verdadeira amizade e isso não tem preço. Como eu disse, presentes “palpáveis” não faltaram pra gente ao decorrer de 2011. Inclusive ter ido bem no vestibular! O que explica bastante a minha ausência por aqui.

Esse ano, aprendi que mesmo quando Deus não nos dá respostas, Ele continua nos amando. Aliás, a ausência de respostas já é uma expressão de amor. Abri o livro de Jó infinitas vezes e vi seu sofrimento, me identifiquei, falamos juntos em alta voz “Que esperança posso ter, se já não tenho forças? Como posso ter paciência, se não tenho futuro?”. Ouvir suas histórias de sofrimentos sem fim nos rendeu uma bela amizade!
Por tantas vezes caminhei com Jeremias e ouvi suas Lamentações. Junto com ele tentava lembrar daquilo que me dava esperança.  Se Deus escolheu esses homens para estarem no manual supremo da vida, eles têm muito a nos ensinar. Inclusive que nesta vida teremos aflições!

“Você tem mesmo desejo pela minha presença? Até onde você me busca sem respostas?” Essas frases marcaram o meu ano de 2011. Às vezes Deus deixa de nos responder para ver até onde iremos buscá-lo.

Buscar a Deus pelo o que Ele é, mesmo que Ele escolha ficar em silêncio.

Não, eu não tenho uma super resposta miraculosa pra compartilhar. Dizer que Deus me deu um sonho ou um direcionamento. Nada disso aconteceu. Continuo orando, buscando e O amando mais do que nunca. Acho que cavei tanto que cheguei “na rocha”, onde os ventos já não me jogam de um lado pro outro.

Algumas noites – horário que eu faço meu devocional -, eu me desesperava porque não conseguia ouvir a Deus como  antes… Então abria a Bíblia e não sabia o que ler. Nesses meses, aprendi a ler trechos mesmo sem vontade. A cantar com o coração doendo. Aos poucos, percebi que me lembrava muito mais da Bíblia porque passava minutos ou horas racionalmente lendo e não chorando o tempo todo dizendo o quanto amava a Deus. Dá pra compreender a diferença? As duas práticas são necessárias para a nossa caminhada e crescimento.

Alguns finais de semana me batia uma extrema falta de certos amigos, de um papo aberto com pessoas com as mesmas idéias, e até entrar nas redes sociais me entristecia. Nesses meses, aprendi a ter a amizade de Deus. Me abrir até nas situações mais simples e inusitadas, como um “queria tanto chegar na hora, faz o professor se atrasar”. Redescobri Deus como o amigo mais incrível e detalhista que existe. Descobri que Deus usa o silêncio pra nos moldar em uma velocidade bem maior. No silêncio, se debater não adianta de nada. No início a reação é sempre essa, né? “Como o Senhor pode me tratar assim?”, “DEEEEEEEEUS, onde estás?”. Assim como um bebê que não consegue o que quer. Depois vamos nos acostumando com “o som do silêncio” …e esperar se torna algo que no futuro nos fará dizer “valeu a pena”. A espera se torna esperança. No final do ano que vem, quero poder dizer aqui “valeu a pena”. E com Deus, já está valendo… Mesmo sem respostas.

E A PACIÊNCIA A EXPERIÊNCIA, E A EXPERIÊNCIA A ESPERANÇA. ROMANOS 5:4

Feliz 2012!

Dani

Anúncios

28 Respostas to “O ano sem respostas”

  1. Nome *Nathália dezembro 29, 2011 às 8:30 pm #

    Faço das suas palavras as minhas Dani…. vc simplesmente escreveu tudo o que eu vivi esse ano…Me arrasou aqui…e me lembrou de coisas tão preciosas que vivi esse ano…

    (8) Não compreendo os teus caminhos…mas te darei a minha canção. Vai valer a pena (8)

    Amei o blog… escreva mais vezes…
    God bless you!

  2. Douglas dezembro 29, 2011 às 8:55 pm #

    Eu entendo perfeitamente TUDO o que você falou..
    Quando reencontrei, no casamento da Sarah (em Salvador) alguns amigos que estudaram com a gente no CTM e se formaram comigo, todos disseram que o ano pós-CTM foi o pior de suas vidas, inclusive eu!
    É que lá nos acostumamos com a presença de Deus no dia a dia de uma forma tão natural, sendo manifestada através das pessoas, cultos, aulas, etc, que tentamos até fugir dela, recebemos “comida na boca” todos os dias e, quando saímos, temos que plantar, regar, colher, e só daí, encontramos alimento sólido que preencha o vazio do nosso “estômago espiritual”.
    Certa vez a Ana Valadão falou que no mundo Espiritual, temos que ser obesos! E foi isso o que fizeram conosco no CTM! Nos engordaram até virarmos verdadeiros obesos espirituais e, aqui fora, não nos contentamos com a saladinha que nos dão nos cultos de domingo.. Rs!
    Não quero escrever aqui outro Post no seu Blog, mas algo que Deus falou comigo durante um dos devocionais desesperados pós-CTM foi que, aqui fora, somos Ele e eu! E com você isso não é diferente! Alimento verdadeiro, pro tamanho da nossa fome, virá direto d’Ele pra nós!
    Ele estando conosco já é muito mais que o suficiente!

    Me identifiquei com tudo! Graças a Deus passou de um dia pro outro, como um milagre (e realmente foi), mas antes do milagre acontecer, chorei e orei muito! Só posso dizer o que vc mesma já disse: Enquanto fica em silêncio, Deus nos molda! Ele nos ensina a adorar!

    Dicas: Fernanda Brum “Enquanto eu chorava”;
    Eyshila: “Deus está me ensinando”;
    Eyshila: “Som de um Coração”;
    Eyshila: “Deus dos vales, Deus dos montes”.

    P.S.: A “Eyshila” (o CD dela e seu testemunho) me acompanhou durante esse processo de dificuldades. Foi minha trilha-sonora.

    Até a próxima!!

    @douglas_brazil (http://douglasoficial.wordpress.com)

  3. Natã Borges dezembro 29, 2011 às 9:01 pm #

    Palavras inspiradoras da minha querida amiga Dani Capelli, Verdade Dani, vivi coisas muito parecidas esse ano… Mas sei que tudo tem propósito e podemos ver isso!

  4. danielecappelli dezembro 29, 2011 às 9:01 pm #

    Obrigada pelas dicas, Doug! Estamos juntos sempre! Deus te abençoe cada vez mais!

  5. danielecappelli dezembro 29, 2011 às 9:02 pm #

    Ah, Nat! Sempre o que estamos vivendo tem um propósito… se tudo isso que vivi foi pra abençoar 1 vida, 5 vidas, 10 vidas, já não valeu a pena?
    Vou tentar escrever mais em 2012! Beijo, lindinha, Deus abençoe!

  6. danielecappelli dezembro 29, 2011 às 9:05 pm #

    É, Natã! Sei que você viverá o impacto de pós-CTM ainda! Pode contar com minhas orações! Que Jesus te guarde e que você seja luz lá em Portugal!

  7. Dai dezembro 29, 2011 às 9:11 pm #

    Uau, hoje vim ouvindo “Canção de Jó” no ônibus me fazendo muitas dessas perguntas sem resposta…Que bom poder ver expressas em palavras inquietações que me são tão familiares, porém sem a clareza e coerência de um texto escrito por uma futura brilhante jornalista =D
    2012 quero testemunhar de perto muitas respostas de Deus pra sua vida, que é uma parte muito especial da minha….E que venham novas perguntas!!!
    Te amo sempre.

  8. danielecappelli dezembro 29, 2011 às 9:14 pm #

    Até chorei lendo seu comentário! Considere-se bem incluída nos “amigos mais próximos”. Nós amamos vocês!!!
    Um dia nós vamos ter todas as respostas pras nossas perguntas. Mas como há um ditado que diz “São as perguntas que movem o mundo”, acho que acontece assim com a gente também. As perguntas fazem o nosso Cristianismo aprofundar as raízes!
    Beijo Dai, você é um referencial pra mim.

  9. Sebastião Batista dezembro 29, 2011 às 9:43 pm #

    me identifiquei muito com o post amiga…satisfação grande em tê-la como irmã…agradeço a Deus pelo tempo de conversa no dia da formatura da Escola de Louvor lembra? ainda que tenha sido curto o tempo de conversa, mas foi de qualidade esse tempo…você sempre me abençoa menina! por mais que vc não perceba, mas sempre me abençoou, sua vida muito me inspira(abrindo o coração) rsrsrs!

    amo vc demais! Bju

  10. bellaoliveira dezembro 29, 2011 às 9:49 pm #

    Querida melhor amiga,
    meus olhos estão marejados e um nó existe na minha garganta. Lendo seu post, me lembrei de tanta coisa, das nossas conversas infindáveis, dos choros, dos risos, das sms, enfim, de ter alguém para ouvir meus conflitos e ser ouvidos para os seus.

    De fato não temos muitas respostas que queríamos, mas dou graças ao Senhor por pessoas como você que ESCOLHERAM permanecer e prosseguir em buscar ao Senhor em meio ao silêncio. Que privilégio estar nesse barco com você!
    Não preciso nem dizer que meu telefone e notebook estão sempre no bolso (rsrsrs) à sua disposição, né?!

    Que venha 2012 com suas respostas e novos desafios!
    Te amo! Sua sempre melhor amiga!

  11. danielecappelli dezembro 29, 2011 às 9:54 pm #

    Tiãaaaaaaaao! Foi muito bom (e curtinho) o tempo que conversamos… Mas teremos outras oportunidades, com certeza! Vc tbm sempre me abençoa! Deus te abençoe cada vez mais, que o nome Dele seja glorificado pela tua vida, esse é meu desejo.
    Amo vc!

  12. danielecappelli dezembro 29, 2011 às 9:57 pm #

    Lembrou, né? Também lembrei de tudo isso… Com uma música com tom menor de trilha sonora então.. Hahahaha. Conseguimos vencer esse ano, amiga! É meu privilégio poder contar com alguém tão especial como você. Obrigada por ter me ouvido tantas vezes! Claro que em meio aos problemas, sempre achávamos um motivo para sorrir, mesmo em lágrimas.

    Te amo demais, nem tenho palavras pra expressar!
    VEEEEEEEM 2012!

  13. Fabrícia dezembro 29, 2011 às 10:27 pm #

    Nossa você descreveu muito do que vivi nesse ano, pensava muitas vezes que era só eu que estava assim, sozinha, triste, e com um pesar no coração que muitas vezes era para mim totalmente inexplicável, queria respostas para minhas angústias e dores, mas você conseguiu expressar de uma forma linda isso tudo…que esse próximo ano que está as portas possamos viver o melhor de Deus. Valeu Dani, você falou por mim…bjs

  14. danielecappelli dezembro 29, 2011 às 10:35 pm #

    Parece que muitos de nós vivemos esse ano sem respostas!
    Fico feliz que em um post, a galera pode expressar seus sentimentos e todos verem que estão no mesmo barco!
    O importante é estar firme em Jesus, no tempo certo as respostas virão!
    Beijo Fabii

  15. Acácia dezembro 29, 2011 às 11:54 pm #

    Olá, Dani!
    Continuo sendo fã das coisas que vc escreve! É um dom! 🙂
    O Thi sempre falava da sua genialidade ao escrever, e eu pude ter o privilégio de perceber tbm. Seus posts tem edificado muitas vidas, inclusive a minha. 2011 foi um ano ‘sem respostas’ para mim..As vezes parece que o mundo vai cair ao nosso redor, mas o importante é continuar caminhando, Deus sabe o que é melhor pra nós, muito mais do que nós próprios! E é nessa verdade que tenho me agarrado e me lançado em fé. Deus é a nossa esperança!
    Instruir-te-ei e te ensinarei o caminho que deves seguir; e, sob as minhas vistas, te darei conselho. Sl 32:8. Que o Senhor nos guie à sua vontade em 2012!E que seja benção!

    Boa noite! (Dando uma Fátima Bernardes hahaha, esse ramo jornalístico é seu!)

    Grande beijo da Caci !!

  16. danielecappelli dezembro 29, 2011 às 11:57 pm #

    Foi lindo o que você escreveu…suas palavras são movidas pelo Espírito Santo…elas têm som e a doçura do verdadeiro mel. Glória ao nosso Rei Jesus por tua vida tão preciosa nas mãos Dele. Bjs! Dad.

  17. ismaeLLeitzkeSchäfer (@ismaeLSchafer) dezembro 30, 2011 às 12:49 am #

    =]

  18. @vanessapontual dezembro 30, 2011 às 1:13 am #

    Identificação do início ao fim.

  19. Pedrina Bezerra dezembro 30, 2011 às 3:01 am #

    Olá Danni! Encontrei seu texto no facebook… nossa, como me identifiquei!!! Este ano para mim foi sem resposta também. Ano difícil, nossa tanta tribulação, mas confesso que no silêncio de Deus encontrei intimidade com Ele. Tantas lágrimas, tanta angústia, tanta depressão, recaídas… foi realmente difícil e ainda está sendo. Mas em meio a tudo isso comecei a buscar mais a Deus, orar todos os dias, ir à igreja frequentemente, ler a bíblia, alias isso era o que mais me confortava, sentia uma força inexplicável quando dedicava meu tempo a Deus. Na verdade, essa é uma resposta, apesar de não ser aquela que espero até hoje ainda, uma resposta palpável para os meus problemas. Continue escrevendo assim, viu!
    Feliz ano novo!!!

  20. Simplesmentenetinho dezembro 30, 2011 às 6:04 am #

    Olá Danielle…
    As redes sociais são maravilhosas, e, por intermédio delas, na verdade pela indicação do Douglas lá no face, resolvi aparecer aqui e ler algum texto…
    Acabei seguindo vcs dois…Vcs não sabem qtos de nós ‘Ctmdtistas’ somos nos blogs por aí…Aliás, sou o Netinho da turma LA 07/08…
    E eu acho q. me lembro de vc…Por algum motivo lembro, nem q. seja pelas fotos do Ctmdtnews…
    Quero dizer q. seu texto foi maravilhoso, principalmente pq. eu, q. já formei ha ‘anos luz’ passei por muita turbulência…2009 foi complicado, 2010 o Apocalipse e 2011 o fechar de um ciclo…
    E olha, chorei muito…Perdi a paciência…Errei…Acertei…Fiquei horrores na ‘bigorna’…Im a survivor (sobrevivi)…Com o Ctm veio muita coisa, por ex. a saudade dos amigos nunca passa, não dá pra esquecer, nem tentando ignorar…+ em fim, a gente supera pq. fomos preparados pra isso, pra andarmos com Deus…E digo +, parabéns pelo Blog…Pq. foi qndo eu criei o meu, lá em 2009, q. as coisas ficaram + fáceis, acho q. nesses anos todos escrevi + pra mim mesmo, pra q. eu aprendesse, do q. para os outros…
    + em fim, já falei horrores…E eu só queria te parabenisar…

    Abraços……………..

  21. Monica Cristina Gomes Barboza dezembro 30, 2011 às 1:27 pm #

    Querida n te conheço, mas te achei no face da Bella. Foi DEUS q me conduziu até aqui p ler esse post. Passar por momentos de silêncio n é tão difícil assim, o difícil é continuar amando a DEUS da mesma forma ou até mais do q antes. Tenho aprendido isso ao longo desses anos e já entendi q o SILÊNCIO DE DEUS é a melhor resposta p algumas situações. Mesmo sabendo disso, de repente me veio uma maldita aminésia, e aí mais uma vez, DEUS me responde de forma surpreendente nessa manhã através do seu post. Agradeço ao PAI pela sua vida, pois mesmo sem ouvir e entender decidiu continuar na ROCHA. Q DEUS continue de fazendo cada vez mais vaso um SUAS mãos. Foi um grande prazer te achar por aqui. Bjs e fica na PAZ!

  22. danielecappelli dezembro 30, 2011 às 5:57 pm #

    Obrigada a tds vocês que comentaram, adicionando suas experiências! Vocês realmente me abençoaram.
    Que 2012 seja um ano de benção pra vocês!

    Com carinho,
    =)

  23. Joel dezembro 30, 2011 às 6:44 pm #

    Nossa…
    estou impressionado aqui!! rsrs
    tipo…
    esse ano foi um ano d provas, mas foi um ano de vitorias tb!!
    mas, justamente o q vc escreveu aqui eh o q eu to vivendo agora…
    e por mais q eu nao veja algo bom no final, eu sei q terei pq eu confio em Deus e Ele é o dono do meu passado, presente e futuro!!
    parabens dani…
    Q Deus continue t abençoando mt!!
    saudades

  24. Sarah Abilene dezembro 30, 2011 às 7:36 pm #

    Dani, que benção, me edificou muito, com certeza virei aqui mais vezes. Deus te abençoe Muito!

  25. Gisele dezembro 30, 2011 às 11:19 pm #

    Dani, amore…Também me identifiquei muito com o teu post, e com alguns comentários aqui. Principalmente algo que você escreveu aqui, que tenho sempre comigo, é de que Deus tem cuidado de nós, Ele não perdeu o controle de nada, e mesmo no silêncio, Ele trabalha. Esse tempinho pós-CTMDT realmente foi difícil,mas assim pudemos nos apegar mais a Deus e nos relacionar com mais profundidade, porque O buscamos mesmo em meio ao Seu silêncio. Esse ano eu sempre me lembrava do Ricardo,em suas aulas quando ele dizia: “Lembre-se, você entrou aqui sozinho e vai sair sozinho”.Realmente, quantas vezes me vi aqui “sozinha”, querendo desabafar com amigas do CTM, porque elas iriam me entender ou gritar por minha discipuladora…rs…mas Deus estava comigo no CTM, esteve antes do CTM, e está comigo pós o CTM, e estará sempre..Era pra Ele que eu deveria correr, gritar, desabafar..e é o que tenho feito!Ele me deu pessoas pra caminhar comigo e orar por mim, amigos, mas Ele é O Melhor Amigo.Que nosso relacionamento com Ele possa crescer, e que possamos descansar nEle o tempo todo, confiando em Seu infinito amor e sabedoria…e que Ele seja glorificado em nós, com ou sem respostas. Amo tua vida, Dani. Bjus….Gi

  26. Ariane Martins dezembro 31, 2011 às 3:48 am #

    Mais uma vez o seu blog interferindo na minha vida… Não entendo muito deste universo q você fala de ctm, mas tenha certeza que você nasceu para abençoar vidas com as suas palavras de sabedoria.

    Beijulll

  27. Rafael dezembro 31, 2011 às 8:20 pm #

    Eu gosto de uma coisa que C. S. Lewis diz que “As vezes Deus tira a mão das nossas cabeças, porque não quer que sejamos eternos bebês.” É um tempo dificil ,mas bem valioso. Parabéns pelo blog, ainda não conhecia. Deus abençoe. =]

  28. Deka dezembro 31, 2011 às 8:40 pm #

    Amo ler o que escreve, mais do que isso. Amo vc! Demais. Vamos seguir em frente cantando o que pra mim é a música de 2011: ♪♫ É grande é muito grande, Cada promessa que eu tenho em Cristo. ♪♫ Deka

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: