O príncipe imperfeito

30 jan

Esperar no Senhor é necessário. Não tanto quanto gostaríamos, mas muitas vezes nossa única opção é esperar. Uma frase que constantemente me lembro em tempos de espera é uma da Joyce Meyer. Que “o que determina o tempo da sua espera é sua atitude enquanto espera”.

Existem esperas mais difíceis que outras. Eu, por exemplo, estou esperando por resultados de vestibular. Posso ou não ser aprovada. Se não for, terei que sacrificar mais um ano pra perseguir esse sonho. Enquanto escrevo, não me parece tão difícil passar por isso. Mas só quem passa sabe como sua espera é difícil. Existem mulheres que esperam pra ser mães por toda a vida e não conseguem. Há pessoas que esperam por alguém que nunca vai voltar. Algumas esperas são bem mais dolorosas do que as que estamos passando.

Uma das coisas mais eficazes a se fazer quando espera, é lembrar do que Deus já fez. “Trazer à memória o que dá esperança”.  Na maioria das vezes, esquecemos o quanto Deus já foi bom conosco e de quantos milagres ele já realizou. Quando estamos em meio a uma tempestade, não temos tempo pra pensar nisso. Pensamos “E AGORA?” umas 50 mil vezes, mas não pensamos em “Naquela vez, Jesus me salvou, me livrou, me trouxe solução, assim como fará dessa vez também.” Se você não consegue lembrar de nada, que tal lembrar de quem te deu a vida?

Como a maior parte que me lê é jovem como eu, imagino que a maioria ainda está esperando pela princesa ou príncipe encantado. Bom, aqui vão algumas considerações:

Enquanto você espera, tire da sua cabeça que você achará alguém perfeito. Sabe aquele cara sem defeito algum e sempre carinhoso, aquela menina que nunca terá TPM e sempre vai te incentivar? Eles não existem. Existem pessoas maravilhosas e de Deus por aí, sim, mas essas também têm defeitos.

Há pessoas que escolheram esperar mas sequer olham pro lado, esperando que um dia o príncipe bata à sua porta a convidando pra jantar no melhor restaurante da cidade. Olha, isso pode até acontecer muuuuuuuuito raramente, entretanto, é mais provável que aconteça o usual. Você já reparou naquele seu melhor amigo(a)? Um relacionamento que nasce da amizade tem muito mais chances de permanecer. Mas não se prive da delícia que é se apaixonar por alguém imperfeito. Senão, aqueles que “Escolheram esperar” pela perfeição serão os mesmos que “Escolheram ficar pra titia”.

Entenda, eu não sou contra esperar. Pelo contrário, sou muito a favor! O que sou contra é esperar por alguém perfeito (que nunca vai chegar). Meu pai certa vez me contou uma história de moças muito bonitas na época de sua juventude, que não aceitavam namorar com ninguém – nem mesmo aqueles que as interessava – porque estavam esperando por uma utopia. Por um cara lindo, forte, de Deus, rico e de família perfeita. Hoje, a maioria dessas mulheres está solteira ou casou com a última opção porque se tornaram velhas demais e atraentes de menos.

Existe também a vertente dos que procuram como parceiros alguém “super-espiritual” ou que tenha o mesmo ministério e bum! Essa pessoa se apaixona por você! Mas você não sente atração nenhuma por ela. Aqui em casa, aprendi que pra casar, um casal precisa ter desejo e não to falando de desejo de orar junto não! Casal que não possui química não vai pra frente. E o que não falta são pessoas pra dizer: “Ah, essa menina/garoto é tão espiritual, você não vai conseguir melhor que esse, hein!”. EM meio a essa pressão, pessoas estão se relacionando por pena ou por acharem que não conseguirão algo melhor. Se você está vendo que não vai dar certo? Que não rola? Ou até mesmo que o cara ou menina não te respeita? Sério, o melhor a fazer é terminar. Com certeza Deus tem o melhor pra você, assim como tem pra mim. Pra que se preocupar? Deus sabe do que você precisa.

Essa pessoa tão especial deve ser alguém com interesses em comum, que seja do jeitinho que você gosta e que também te atraia. Talvez ela não seja do mesmo ministério que você, mas ame a Deus profundamente. Sabe aquela pessoa que vai te fazer suspirar e também conversar por horas? Alguém que vai te magoar, mas que vai pedir desculpa. Vai te fazer chorar, mas vai arrancar gargalhadas também. Alguém que vai crescer com você e te tornar alguém melhor. A princesa imperfeitamente perfeita. O príncipe imperfeitamente perfeito.

E então, qual é sua atitude enquanto espera?

Boa semana, queridos.

Dani

Anúncios

19 Respostas to “O príncipe imperfeito”

  1. Bruninho janeiro 30, 2012 às 11:15 pm #

    Dani, tu ta ficando boa nisso em!!!
    que Todas as meninas do mundo leiam isso! (inclusive minha futura esposa, que nao sei onde está) kkk
    Bjao, deixe mesmo ser usada!

  2. danielecappelli janeiro 30, 2012 às 11:17 pm #

    Hahahaha, obrigada, Brunin! Sua futura esposa vai ser uma linda, tenho certeza!
    Beijo, amigo!

  3. bellaoliveira janeiro 30, 2012 às 11:53 pm #

    Amiga, realmente você colocou muito bem as suas palavras! hehehe
    Seus posts têm sido bênção na vida de muita gente e me alegro por fazer parte disso bem de perto! Continue sendo usada pra fazer a diferença através das suas palavras. Te amo!

    Sua sempre melhor amiga!

  4. Daniella Oliveira janeiro 31, 2012 às 12:09 am #

    Gostei muito do seu texto!
    Super verdadeiro, claro e coerente.

    Que Deus continue usando tua vida,flor!

  5. danielecappelli janeiro 31, 2012 às 12:58 am #

    Obrigada, melhor amiga! Sua conversa me inspirou a escrever! Amo vc.

  6. danielecappelli janeiro 31, 2012 às 12:59 am #

    Minha xará! Obrigada pelo comentário e sinta-se sempre bem-vinda aqui.

  7. Evelyn Freitas janeiro 31, 2012 às 1:40 am #

    ótimo texto dani, experimentei a fase de ser pressionada por outros com argumentos do tipo “ele é muito de Deus, vc não vai encontrar melhor”, mas da minha parte não tinha nenhum outro sentimento a não ser aquele amor ágape, um carinho fraternal e mta admiração e só! quase cai nessa cilada por ansiedade.. quaaaaaaaaaaaase, mas to firme na fé! não tenho medo de ficar pra titia, tenho mais medo é de casar errado!

  8. danielecappelli janeiro 31, 2012 às 1:56 am #

    Que bom que vc saiu a tempo, hein prima! Vc falou bem, o erro maior é casar errado!
    Fica firme que na hora certa acontece! Obrigada pelo comentário! 🙂

  9. Jaqueline janeiro 31, 2012 às 1:06 pm #

    Esse blog tem sido uma benção para mim, suas palavras muito tem me edificada, tenho passado momentos de espera em várias áreas da minha vida e essas palavras me traz conforto e esperança.

  10. danielecappelli janeiro 31, 2012 às 2:02 pm #

    Oi Jaque! Que bom que vc tem se identificado com os posts… A casa é sua! rs.
    Deus te abençoe muito! Os que esperam Nele renovarão suas forças 😉

  11. Nandica Souza fevereiro 4, 2012 às 3:57 am #

    Dani, gostei MUITO do Post! Ao contrário do que muitos que convivem comigo pensam.. Eu n procuro um príncipe perfeito… eu só procuro um homem genuinamente temente a Deus, que goste de mim e eu gostei dele! Nunca fui correspondida e nunca me “cortejaram” na igreja rsrs!

  12. Jeísa Souza fevereiro 4, 2012 às 4:41 am #

    Ahhh Danii…. Esse blog ta demaiis mesmo! To amando ler tudinho que vc escreve, que vc multiplique esse talento e veja os frutos de cada semente que esta em cada palavra que vc escreve. Não pare nunquinhaa de escrever!! Ahhh, eu estou vivendo um tempo de espera, mas pelo “Tião”, vale a pena esperar cada segundo…. meu príncipe imperfeito mais perfeito!!!! =D

  13. danielecappelli fevereiro 5, 2012 às 12:54 am #

    Oi Nandica! Obrigada pela visita aqui 😉
    Concordo com você, temos que determinar alguns critérios básicos, por que não?
    Durante nossa espera, Deus está trabalhando!
    Um beijo pra vc!

  14. danielecappelli fevereiro 5, 2012 às 12:55 am #

    Oi Jeeeey! Obrigada pelo incentivo, viu?
    Também estou nessa espera pelo grande dia! Um beijo pra vc e pro Tião!

  15. Fernanda fevereiro 6, 2012 às 4:08 am #

    Oi, Dani..
    Te conheço pela internet, e desde a primeira vez que te vi, vi o quanto você é sábia!
    Gostaria que você me falasse algumas opções de livros, (não precisa ser relacionado a espera), mas livros que você indica sobre assuntos diversos.
    Obrigada!
    Um beijo

  16. danielecappelli fevereiro 6, 2012 às 3:34 pm #

    Oi Fê! Que bom que vc tem sido abençoada por aqui!
    Quem sabe isso não dá um post?

    Tipo “Indicação de livros” 🙂
    Obrigada pela dica!
    Um beijão!

  17. Dani Baptista abril 19, 2012 às 4:26 am #

    Olá Dani encontrei o seu blog quando vc postou um comentário no blog da Juventude D1 e esse post falou com algo que me confunde muito.Concordo plenamente que esperar o príncipe bater na sua porta é doideira, mas e quando a amizade com seu amigão começa a tomar outro rumo? aquele amigão mesmo que dos relacionamentos anteriores vc sempre sabia de tudo pq eram unha e carne ( relacionamentos que ele sempre colocava Deus em primeiro lugar por isso não foram para frente) . Porem vc sempre se preservou de ter outros relacionamentos esperando a pessoa imperfeitamente perfeita rsrsrs. Isso não seria um jugo desigual?

    Bjus e parabéns pela blog!

  18. danielecappelli abril 21, 2012 às 2:29 pm #

    Olá Dani Baptista!
    Primeiramente, obrigada pelo comentário! 🙂
    Olha, na minha opinião, é muito melhor você começar um relacionamento exatamente com um “amigão” seu. O que não quer dizer que ele seja a pessoa ideal, porque não conheço você nem ele, rs. O ideal é você procurar seu pastor ou líder para que eles possam te acompanhar mais de perto.
    Ah, jugo desigual é relacionamento entre cristãos e não cristãos. Aí, não há como dar certo. Mesmo.

    Um beijão!

  19. leonardo junho 28, 2012 às 7:51 pm #

    Gostei muito da mensagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: