Arquivo | Cotidiano CTMDT RSS feed for this section

Trailer “O Viajante”

17 jun

Galerinha do bem, quero registrar aqui o trailer do espetáculo que produzimos pro segundo semestre de 2010 no CTMDT, chamado “O viajante”.

A história contava sobre o Viajante (Joel) que percorria por algumas das cosmovisões no mundo – Naturalismo, Ateísmo, Cientificismo, Nova Era, Panteísmo – procurando pela verdade absoluta. O encontro do Viajante (Joel) com Jesus (Bruno – que representava a peça chave do espetáculo, se vestindo de 4 personagens) mostra que Deus se apresenta a nós de maneira simples, mas a única realmente verdadeira.

Olha o cartaz de divulgação aí!

O Kleberson postou ontem no Youtube e achei que vocês quisessem relembrar. E aos que não são do CTMDT, uma palhinha de como era puxado o nosso trabalho! hahahah. Tudo isso em menos de dois meses! Parabéns a todos que participaram, ficou ABSOLUTAMENTE LINDO!

Também tem esse vídeo que o Bruninho postou, de um pedacinho do “O Viajante”!

Elenco, direção e nossa professora HelenaElenco, Direção e nossa professora Helena Tannure na matéria “Arte na Adoração”

Beijo e um queijo,

Dani  

Anúncios

Feedback Viagem Missionária pra Holanda

16 jun

Oi gente! Hello! 🙂

Como não escrevi nada sobre o prático da Holanda, ponho crédito no ditado “uma imagem vale mais que mil palavras”. Três vídeos  (sendo que 2 foram feitos pela Denise e pelo Felipe Toller – integrantes do prático – sobre um resumão do que fizemos lá!) A música tema é a mesma nos dois vídeos porque foi a música que mais cantamos durante esses 30 dias!

Mas antes, meus agradecimentos, é claro, vão a cada um da equipe. Especiais vão pra Taís, que aguentou as pontas com excelência os perrengues da equipe A e foi nossa “mãe”. A Camila que liderou muito bem a equipe B. Silvia, mais que uma líder, um exemplo de caráter (e paciência).

A todos os meus amigos da Equipe A e B que cantaram/tocaram incansavelmente I’m Free, Hosana e Revelation Song, comeram comida tailandesa (hahahahah, tirando eu, Kleberson e Toller), jogaram jogos estranhos e ganharam no futebol, participaram do ritual Am Savãr, beberam muuuito chá e café, viajaram por quase todos os cantos da Holanda, ouviram sobre o “comprar o teeeeste” umas 40 vezes, comeram ostra e peixe cru (que supostamente melhora dor de estômago kkkk), visitaram igrejas-boates, igrejas-museus, igreja-seminário e igreja-normal, não acreditavam no preço das coisas, conheceram a Cris e a Miriam, dormiram em algumas casas que não tinha chuveiro, adquiriam força nos devocionais em equipe, passaram frio, andaram com perna de pau, davam glória a Deus quando voltávamos pra Voorthuizen, conheceram muuuuuita gente (mesmo exaustos), fizeram inúmeras vezes das vans a sua cama, ficaram com raiva do Marcelo, Kleberson e Tiago porque eles se hospedaram numa mansão, compravam lembrancinhas que não acabavam mais, vibravam quando chegava o dia de comer comida do Toller/Taís/Silvia, usavam luvas quando não podiam usar, zuavam o Johnatan por qualquer coisa, traduziram mesmo sem nenhuma energia, comeram frikandel e stroopwafels, dormiram pouco, dançaram o Medley mais de 20 vezes e se alegraram com cada vida sendo transformada. Inesquecível!

“Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade. Tudo posso naquele que me fortalece” Filipenses 4:12-13

Amo vocês!

God bless The Netherlands!

Essa foi uma ministração filmada por um fotógrafo profissional lá em Driebergen (que chique… hahahah). Pra quem quer emoção, ponha no 4’00” em diante!

Na internet é possível achar mais vídeos, incluive pelo usuário que postou o último! Mas acho que esses deram pra dar uma ideia!

Beijo procês,

Dani  

Nem tudo era trabalho…

14 jun

Pois é, nem tudo foi trabalho no nosso prático no Nordeste em julho de 2010. Pra quem quer saber mais como foi o prático, entre aqui => https://danicappelli.wordpress.com/2010/07/29/pratico-nordeste-ctmdt/.

Momentos de descontração fazem toda diferença! Dois vídeos aí pra quem quer lembrar deles!

CTMDT MAR

LAZER PRÁTICO NORDESTE 2010 CTMDT (parece que é o mesmo vídeo de cima, mas é beeem diferente)

Um tchau pra vocês e um saudoso abraço aos meus amigos do Terceirão CTMDT!

Dani 

Nota sobre a Holanda…

28 dez

Muitos me perguntam: Por que Holanda? E uns até dizem: “Ah, ir pra Holanda é fácil, o difícil é ir pra África!”

Neste post, gostaria de responder a esses dois comentários de forma simples…

Por que Holanda?

Deus colocou essa visão no coração da nossa equipe, de compartilharmos o que o Senhor tem feito aqui no Brasil para o povo Holandês. Uma equipe foi antes de nós, ano passado e nós estamos continuando esse trabalho, confiando em Deus que serviremos como apoio e referencial para aquele povo!

“Ah, ir pra Holanda é fácil, quero ver ir pra África”

Deus nos ordenou pregar do Seu evangelho a todas as nações. Nenhuma nação é mais ou menos merecedora do que a outra. Todas precisam da tranformação que só o Espírito Santo pode gerar! É certo que nos países pobres, a evangelização se torna um mais fácil por ser “palpável”, digamos assim. Pode-se falar de Cristo com um prato de comida, com uma roupa ou agasalho, com o carinho que eles não recebem. Países ricos são mais difíceis de serem alcançados por vários motivos. Eles já foram alcançados e o Cristianismo deixou de ser uma novidade de vida pra eles. Esfriaram, caíram em um racionalismo sem precedentes, deixaram de depender de Deus. A maioria dasigrejas européias estão clamando por brasileiros que lhes dêem uma palavra! O povo holandês, em geral é um povo com condição financeira favorável, possuem “liberdade” que o mundo dá (drogas e prostituição), uma liberdade que só os prende numa vida de escravidão.

O que mais os holandeses podem querer? A última coisa que eles pensam é numa redenção dada pelo único que os pode redimir. Oremos por esse povo e que a nossa equipe seja luz em meio a tantas trevas! Que apregoemos a verdadeira liberdade que o Espírito Santo dá! Porque onde Ele está, aí há liberdade!

Lembremos que os europeus nos evangelizaram há tanto tempo atrás e muitos de vocês que leem esse blog são descendentes de europeus que decidiram por seguir a Cristo! Como oferta de amor, vamos “levar novamente” a verdade àqueles que trouxeram a verdade até nós! Se você sente que Deus te chama para reavivar a Europa, comece a orar intensamente por esse povo!

Bandeira da Holanda

Ore também pela nossa equipe. Espero que de lá possa dar notícias pra vocês através do blog,

Tentarei sempre que possível atualizar o twitter! @danielecappelli

Com amor de Cristo,

Dani

O pai da mentira

29 set

Assistam o vídeo a seguir!

São essas as mentiras que nossa geração está engolindo….

Depois passo aqui pra contar as novidades.

Semana abençoada!

Dani

Prático Nordeste – CTMDT

29 jul

Aiai, como Deus é bom e podemos provar da Sua fidelidade a cada dia!

Compartilharei com vocês um pouco sobre a viagem que fizemos – eu e mais uma equipe maravilhosa de 42 pessoas – para o Nordeste do Brasil. Fomos direto de Belo Horizonte para Fortaleza, aproximadamente umas 42h de viagem. E não, eu nunca tinha ficado tanto tempo dentro de um ônibus. Entretanto, foram oportunidade únicas de me aproximar de pessoas preciosas, reaproximar de outras, assistir filmes sem muitas pausas, curtir a viagem e logo em seguida enjoar dela. Ah! Foi a primeira vez que tomei banho em um posto de gasolina (já estando em Pernambuco). Que aventura! Digo isso porque não tenho foto do posto pra registrar esse momento especial e tão higiênico da minha vida.

Antes disso…

O Kleberson (meu lindo) estava responsável em delegar as equipes das oficinas desse Prático e eu fiquei líder de uma delas chamada Coração do Artista – uma palestra que durava aproximadamente 1h10. A responsabilidade logo pesou sobre os meus ombros, porque essa disciplina é dada pela nossa querida professora Helena Tannure, e que unção e autoridade aquela mulher tem! Me acompanhando, sempre fiéis, estiveram a Bella (minha melhor amiga) e a Lais (uma amiga preciosa também). Elas ministravam a palestra junto comigo. Olha elas aí!

Que privilégio Deus nos deu de passarmos esse conteúdo sobre inveja, ciúme e orgulho às pessoas. Entre tantas coisas que aprendi durante as ministrações da oficina, uma sempre vem muito forte ao meu coração, que é de que nós não estamos livres dessas coisas que citei. Não é de um dia pro outro que as coisas mudam. Mas é de um outro pro outro que elas começam a mudar! Glória a Deus por isso! Tudo é um processo. Nossa restauração, nosso relacionamento com Deus, enfim, cada detalhe se faz especial pela singularidade do dia em que é vivido.

Queria compartilhar com vocês uma parte do conteúdo da oficina! Aí vai!

Existem 3 princípios importantes a serem lembrados sobre Humildade:

Primeiro: A sua religiosidade pode crescer energicamente enquanto sua humildade é esquecida.

Isso aconteceu comigo. No auge da minha vida ministerial, onde estava evangelizando, ganhando pessoas, discipulando-as, me afastei de Deus. Não, não era aquele tipo de afastamento fora da casa de Deus. Eu permaneci bem ali, mas afastada. A razão era simples: Eu me achegava a Ele só para pedir, pedir e pedir. Nunca mais havia entrado em meu quarto para adorá-lo descompromissadamente. E se há algo para refletirmos é que não importa o quanto seu ministério cresça, Jesus ainda quer ter um relacionamento íntimo com você. Não é porque tratamos da vida de outras pessoas que deixamos de ser tratados!

E melhor do que eu, existe o exemplo dos discípulos. Eles tinham ministérios ativos, largaram tudo por Jesus, mesmo assim, na última ceia, eles disputavam para ver quem era o melhor. Podemos ser ótimos professores, cantores, dançarinos, instrumentistas, missionários e as pessoas podem reconhecer esses dons de Deus em nós mas quando os tempos de testes vem, a característica da humildade é simplesmente rara. Nossa religiosidade pode crescer enquanto a humildade é esquecida.

Segundo: Devemos ter a consciência de quão impotentes são nossos esforços pessoais e ensinamentos externos para vencer o orgulho e se aproximar da humildade.

Durante três anos os discípulos ouviram as palavras de Jesus e ele era bem didático, repetia tudo de tempos em tempos. Contava parábolas, escrevia na areia, chamava criancinhas… Compatilhou o seu segredo com eles, de que o Filho do homem não tinha vindo a Terra para ser servido e sim para servir. Mesmo assim os discípulos caíam nos mesmos posicionamentos. Nem as palavras de Cristo, nem seu esforço pessoal, puderam afastar o orgulho de seus corações. Então o seu esforço pessoal de quebrar o orgulho não vale de nada.

E se os ensinamentos de Jesus não quebraram esse orgulho, que dirá um post feito por Daniele Cappelli! Então… como alcançar a humildade? Como genuinamento morremos pra nós mesmos?

Terceiro: Pelo habitar do Espírito Santo em Sua divina humildade é que nos tornamos humildes.

Quando Jesus morreu e ressuscitou, ele destruiu o poder do mal, afastou o pecado, nos trouxe a graça. Deixou conosco o Consolador. O trabalho de persuasão de Jesus, o despertar do desejo foram aperfeiçoados na vinda do Pentecostes. Quando o Espírito Santo veio sobre os discípulos, eles viveram uma mudança radical de vida. Então, o Espírito Santo, aliado ao nosso desejo e quebrantamento genuínos, transforma o nosso coração, nos achegando mais perto de Jesus, quando percebemos que nada somos.

Esse foi só um pedacinho da oficina! Espero que tenha abençoado vocês! Indico dois livros também, que são: “Coração do Artista” de Rory Noland e “Humildade, a beleza da santidade” de Andrew Murray. Deus nos agraciou tanto durante esse tempo que pudemos ministrar para 198 pessoas essa oficina! O dobro de pessoas da nossa sala de aula! Deus é demais!

Passamos por Fortaleza, Natal, João Pessoa, Recife, Maceió, Aracaju e Salvador! O ritmo foi muito intenso porque chegávamos em uma cidade, apresentávamos o musical, ministrávamos as oficinas e logo íamos embora para outra cidade. Os irmãos que nos receberam fizeram isso com muito carinho e pra sempre me lembrarei do cuidado especial que foi demonstrado em cada cidade.

No Musical entitulado “Quem é esse?” (Vocês podem conferir melhor no site do musical – http://musicalquemeesse.wordpress.com) eu tinha um solo! Da música de forró, acredita? Eita Deus que quebra paradigmas, hahahah.

Música "Dia de Milagres", interpretada por Daniele e Gerlúcia

Música "Alegria" apresentada em Fortaleza - CE.

Vídeo que a Diana, da igreja que fomos em Recife fez pra nós sobre o Prático e Musical “Quem é esse?”.

Tivemos alguns momentos de descanso, uns mimos do Pai pra nós! Sabe aqueles passeios que você pensa que só milionário faz? Missionário também faz! Hahaha!

Dunas em Natal - RN

Enfim, por tudo só tenho a agradecer ao Senhor! Por tudo que Ele tem feito e ainda vai fazer! Agradecer também às pessoas que fizeram este sonho da viagem possível! Em especial à tia Cláudia, que me presenteou com o valor do Prático – Amo você, tia! – e a todos que se dispuseram a me ajudar financeiramente, espiritualmente e etc. O meu muito obrigado vai pra vocês!

Agora faltam 4 meses para o fim do CTM e para uma vida completamente nova! Orem por mim que oro por vocês! E… se Deus fez por mim, pode fazer por você! Creia nisso!

No amor do Papai,

Dani.

Permanecendo, perseverando…

17 fev

É, estou de volta ao CTMDT…

Ao chegar no Campus, a atmosfera era claramente diferente, e a sensação é como se os novos alunos estivessem invadindo nossa tão privada casa. Aos poucos, tenho a certeza de que irei me readaptar… Fui otimamente recebida, com muitos abraços e gritos de alegria. É ótimo reecontrar os amigos, não é? Também é estranho deixar os amigos que não podem nos acompanhar… Aliás, já estou com saudades dos mais próximos: Line, Girou, Dai, Diogo, Gabi…

Bem, tivemos algumas aulas nessa semana antes do Carnaval e em uma delas, o professor Renato Marinoni surgiu com uma pergunta feita a ele pelo ministro Adhemar de Campos: É mais fácil fazer história ou dar continuidade a ela?

Essa pergunta martelou em minha cabeça por alguns dias e é bem claro que dar continuidade é algo muito mais difícil do que a paixão que nos leva a iniciar um projeto. Muito mais fácil inventar, criar, dar início, do que manter. Assim também é nossa vida com Deus. Quando convidamos Jesus a participar de nossas vidas (e se você nunca o fez, pergunte-me como),  nos apaixonamos por Ele, possuímos uma alegria inexplicável, não queremos estar longe da Sua presença, o que dói nele, dói em nós. Mas o “dar continuidade ” é que nos proporciona maturidade.  Veja um casal recém-casado. A paixão que eles possuem ao se casar é uma benção, mas é pelas tempestades do tempo que se tornarão companheiros, confidentes, maduros. Os minutos que você tira por dia para conversar com o Senhor é que fazem a diferença. Ninguém consegue fingir intimidade por muito tempo, cuidado. Escolha  investir na sua eternidade.
Certa vez, perguntei ao meu pai se o casamento deles era melhor quando se casaram. Ele então afirmou com toda ênfase que estava vivendo o melhor tempo de sua vida com a minha mãe, após 18 anos de casados. Que ao olhar para a minha mãe pela manhã, enxergava em seus olhos não somente uma esposa, mas parte de si mesmo. Note, os dois já passaram daquela fase paixão-avassaladora e com os conflitos e dificuldades puderam amadurecer esse amor. Achei muito interessante esse texto de Fred Jarvis:

“Deus quer nos erguer a um novo nível e uma nova dimensão espiritual. Ele quer nos dar poder para nos conquistar a nós mesmos, lidar com nossos conflitos, lidar com nosso desespero, batalhar contra nossos temores, e vencer sobre a preocupação. Somente então é que teremos supremacia sobre nossos problemas, e poderemos viver uma vida útil, amorosa, e vitoriosa. Deus quer que sejamos ensinados pela sua Palavra, e guiados pelo seu Espírito. Somente aqueles que foram conquistados por ele conhecerão o sabor da verdadeira conquista. Não precisamos ser cristãos duros, estéreis, mofados, e derrotados.”

É a mais pura verdade. Cada dificuldade que possuímos em nossa vida é uma chance de nos aproximarmos mais de Deus ou não. De nos tornarmos mais maduros ou não. A palavra que meditei nesses dias que gostaria de compartilhar com vocês é essa:

Salmo 84

4  Bem-aventurados os que habitam em tua casa; louvar-te-ão continuamente.
5 Felizes são aqueles que de ti recebem forças, em cujo coração estão os caminhos aplanados.
6 Que, passando pelo vale das Lágrimas, faz dele uma fonte; a chuva também enche os tanques.
7 Enquanto vão indo, a força deles vai aumentando; cada um deles em Sião aparece perante Deus.

Esse tem sido meu maior desafio nesses dias. Enquanto caminho, o Senhor está comigo. No versículo diz que a medida que caminham, possuem forças, e não que Deus te dará uma força sobrenatural  referente a 10 anos de caminhada. Creio que Deus não nos concede essa super-força porque nos tornaríamos mais independentes do que já somos. Então ele nos ensina que a cada passo, o temos como nossa força. Nos ensina a dependermos Dele. “Lâmpada para os meus pés é a Tua palavra” (Sl. 119:105) e não lâmpada acima da minha cabeça, não lâmpada que ilumina a quilômetros de distância. É preciso viver um dia de cada vez. Tecnicamente, nada mais me é novidade no CTM. E em algumas situações, confesso que precisarei de muita sabedoria – em por exemplo, morar em um quarto de aproximadamente 5x3m com mais 4 meninas. Quando a paixão passa, é muito perigoso que a murmuração bata em nossa porta. Estamos muito suscetíveis a desistir, pegar nossos pertences e ir em busca de outra aventura. Se você se acha nessa situação de jogar a toalha, não faça isso, querido (a). Persevere! Continue! Se Deus não te mandou para outra direção, não vá! Nessas horas de caos, o Papai está com as mãos estendidas dizendo “Aguente mais um pouco, estou com você”. É, eu ouvi isso Dele esses dias e espero que através desse post você também possa.

Que o seu amor amadureça em Deus esse ano! Com carinho,

Dani

Segundo semestre e novo ano!

13 jan

Nada menos que sete meses inteiros sem postar. Tomara que os próximos não tenham um delay tão significativo como esse.

Em julho, tivemos no CTMDT o Módulo sobre Islamismo e pudemos compreender o quanto essa religião está se alastrando pelo mundo – principalmente pelos altos índices de natalidade. Contamos com a presença de uma equipe experiente no assunto, liderada por Joshua Harris. Nos abençoou sobremaneira esse tempo. Participei de algumas ministrações com a Banda Freedom, momentos inesquecíveis e abençoados. Uma das ministrações na igreja da minha amiga Bella, em Lagoa Santa:

Retornamos com as nossas aulas em agosto onde ocorreram algumas mudanças de professores e disciplinas. Começamos a ter aula com Helena Tannure – uma mulher que posso afirmar que é admirável -, continuamos a ter aula com Cleonice Russo, outra professora que também marcou minha vida. Esse segundo semestre no CTMDT foi de intenso tratamento no que se diz a orgulho, ciúme, inveja e outras falhas tão irraigadas me mal percebemos. Deus foi me guiando entre as experiências diárias – Ele é mestre em fazer isso – mostrando tão carinhosamente o quanto eu estava errada e o quanto possuía traços que Ele precisava arrancar. Há sempre algo em que precisamos mudar.
Nesse querido meio-tempo, foram realizados os testes para o vocal das bandas. Até então, eu era integrante da banda que participei provisoriamente. Nem preciso dizer que fiquei muito nervosa no dia do teste. O Robinho, professor mais metódico que temos no CTM – um dos melhores, na minha opinião! – nos avaliava com aquela cara não-vou-demonstrar-minha-opinião-pelo-olhar e isso dificultava nosso estado emocional. Alguns dias depois, recebi o resultado e ele foi estar na Banda Nitro’s. De início, relutei com Deus porque meu desejo era estar na banda dos meus amigos e lembranças do mês de agosto vinham à minha memória enquanto meu coração se entristecia. O Senhor falou mais uma vez comigo através dessa experiência. O lugar onde Deus te coloca é o lugar onde você tem que estar. Estar fora do lugar que Deus tem pra você acarreta consequências muito sérias. Fazer parte da minha querida banda (com pessoas maravilhosas que pude conhecer melhor) era o plano Dele pra mim. Vi meu orgulho mais uma vez gritando, minha justiça própria tomando força e tudo isso que tinha que ser tratado antes de fazer um estrago maior.
Com o tempo, aprendi a amar muito essas pessoas e elas são indispensáveis no meu ano de 2010. Cada ensaio, cada oração, bobeiras na casa do Haroldo – o integrante externo que possui uma bela casa e esposa – cada ministração, cada momento de descontração (e são muitos! um dia ainda postarei um vídeo de uma das nossas rodinhas de dança pra divertir vocês!) fizeram uma grande diferença nesse semestre. Nós, da banda Nitro’s, tivemos oportunidade de ministrar na Marcha pra Jesus 2009 em BH. Foi uma benção! Segue o vídeo da música “Com júbilo eu canto” do DT. Quem a ministrou foi meu querido Mídio (cada nome que eles inventam nesse Brasil, kkk) e 3 fotos da banda!



Importante registrar meu aniversário! Dia vinte e oito de outubro de 2009 foi SOBREMANEIRA perfeito pra mim! Logo pela manhã, recebi uma festa surpresa do meu discipulado e várias cartinhas das meninas. Pouco tempo depois, ganhei flores (lindo demais!), recebi varias ligações, fui passear com alguém muito especial, voltei e tinha outra festa surpresa pra mim! Ah, como eu amo meus amigos! Queria agradecer especial a amizade do Kleb, Marcela, Thiago, Bella, Lipe e Douglas, que estiveram mais próximos de mim nesse segundo semestre. Vocês são um presente direto de Deus pra mim! Sem vocês, os conflitos vividos no Campus seriam insuportáveis. Obrigada mesmo!

E gostaria de compartilhar uma experiência em particular com vocês. Uma semana após a Marcha pra Jesus, a Nitro’s ministrou em uma outra igreja, também em Belo Horizonte. Sinceramente, fui com o coração muito aberto ao que Deus podia fazer através de nós para aquelas pessoas. Quando chegamos, tinham 10 pessoas nos esperando, sendo que 5 eram crianças. Mais uma vez pudemos ver Deus provando nosso coração, vendo nossas intenções. Creio que fomos aprovados nesse dia. Todos da banda estavam no mesmo espírito e foi simplesmente uma noite maravilhosa. Não importa a quantidade de pessoas mas a qualidade da nossa entrega ao Senhor. Faça com excelência pra 2 ou 2 milhões! Afinal de contas, é o Rei dos Reis que recebe nossa adoração! Vimos o agir de Deus ali e a alegria que nos envolvia era muito maior do que podíamos imaginar. Simplicidade e arrependimento é um fator crucial para que o Espírito Santo trabalhe. Há muitas outras experiências que infelizmente não poderei escrever – afinal, quanto maior o post, mais enfadonho parece ficar. Mas prometo que o próximo será menor! Estava com saudade de escrever!

———-

Ah! Voltei para casa para passar minhas férias!!! Está sendo ótimo rever amigos, aproveitar a família e é claro… descansar! Abrir a geladeira, sentar no sofá, dormir até tarde, não precisar pegar na minha carteira pra pagar as coisas, ganhar carinho da mamãe e do papai! Aiai, Deus é bom demais! Desejo um ano de 2010 de vitórias e crescimento pra vocês!

Por fim (ufa!), uma foto pra vcs conhecerem meus pais – Prs. Levi e Márcia (lindos!). Verdadeiras bençãos de Deus na minha vida! As pessoas que mais me encorajaram, oraram por mim, amaram sem reservas e estiveram ao meu lado em todos os momentos! Sem vcs, não seria 99% do que sou! Amo vocês incondicionalmente! Família é um bem tão precioso que o Senhor instituiu nessa Terra e Ele me deu a oportunidade de formar uma com pessoas tão maravilhosas! Dê valor à sua família, às pessoas que investiram em você almejando seu crescimento, sejam eles quem forem. Ore por eles!

Até o próximo post, galera!
Que Deus os abençoe muito em 2010!

“Deixemos de lado tudo que nos atrapalha e o pecado que se agarra firmemente em nós e continuemos a correr, sem desanimar, a corrida marcada para nós. Conservemos nossos olhos fixos em Jesus, pois é por meio Dele que nossa fé começa e é ele quem a aperfeiçoa. Ele não deixou que a cruz fizesse com que ele desistisse. Pelo contrário, por causa da alegria que lhe foi prometida, ele não se importou com a humilhação de morrer na cruz e agora está sentado do lado direito do trono de Deus. Pensem no sofrimento dele e como suportou com paciência o ódio das pessoas. Assim, vocês, não desanimem, nem desistam.”

Hebreus 12:1-3

Dani Cappelli

Resumão da atualidade

26 jun

Galeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeera! Um bom tempo sem vir aqui, mas nunca é tarde para um novo post. Assim como nunca é tarde para adorar ao Senhor, de entrar em Sua presença, de se apaixonar novamente.

Esse mês de Maio foi de extrema significância para mim. Antes de contar mais um pouco de como tem sido, gostaria de contar-lhes sobre minhas últimas apresentações – algumas delas pagações de mico. A primeira foi uma roupagem nova em hinos lindos escritos por homens de Deus que viveram anos antes de nós. Meu grupo ficou com o hino “Segurança” – Canta minha’lma, canta ao Senhor, rende-lhe sempre ardente louvor – de Fany Crosby. Ficamos ansiosos em demasia porque a banca de avaliação era forte: Sérgio Gomes – maestro do DT e professor de Prática em Conjunto; Soraya – vocalista do DT e professora de Historia da Música Cristã; Robinho – responsável por voz do DT e professor de Canto e Coral; Renato Marinoni – professor de Liderança de Louvor; Sarah Ramez – trompista do DT e professora de Percepção Musical. Aí vai uma foto:

A segunda que gostaria de mencionar é infantil. Cada grupo teve que fazer uma musiquinha para crianças. Este dia foi muito especial pra mim. Um grupo de crianças de uma creche próxima ao CTMDT foi nos ver e seus olhos nos deram o retorno que precisávamos, depois de tanto tempo de preparação. A música cantada pelo meu grupo se chamava “O segredo de Sansão”, onde ensinamos as crianças que não devemos contar nossos segredinhos a estranhos e nem contar o dos nossos outros amiguinhos…

Compartilhando sobre meus dias, estou me sentindo como se Deus estivesse descortinando aos poucos o propósito Dele, me supreendendo, me fixando em Seus olhos diariamente. Em razão disto, vivi alguns momentos complicados na minha caminhada. Me confrontei com a coisa mais imperfeita: meu caráter. Soube que, a partir daí, tinha que me deixar ser moldada, assim como desejava tanto ao sair do Rio de Janeiro. O Senhor nos faz passar por momentos difíceis para que reconheçamos nossa pequinês e reconhecemos “Realmente, foi DEUS que fez, não eu”. A cada dia peço a Ele que meu coração não se torne altivo, que não se forme uma imagem em minha mente de que já alcancei um nível aceitável de espiritualidade. Como foi dito, em maio recebi muitas palavras à respeito de caráter, mudança, atitude, covardia, conhecimento. Todas elas confirmaram que nada posso fazer sem meu Papai. “Agora, meu conhecimento é imperfeito, mas depois conhecerei completamente.” 1 Co 13:12

A cada dia, podemos experimentar mais do conhecimento de Deus, visto que este é infinito. Ainda hoje, dê uma oportunidade ao Espírito Santo, abra sua bíblia – ou se não tiver uma – apenas feche seus olhos e converse. Meu maior conforto longe de família, amigos – os do Rio de Janeiro – e igreja é que meu melhor amigo NUNCA me abandona. Sempre quando estou prestes a me afundar, Ele está lá, olhando para mim com o amor que transborda de seu olhar. A palavra que eu tenho para vocês é esta: Deus é mais preocupado com você do que você mesmo. Como um Pai cuida de Seus filhos. Do que você precisa hoje? Conforto, segurança, paz, ajuda emocional, financeira, familiar? Neste exato momento Ele escolheu que você abrisse este blog, que lesse essas palavras. Isso significa que Ele sente saudades de ouvir sua voz conversando com ele. Isso significa que Ele pode suprir tudo que falta em sua vida.

Com amor de sua serva,

Dani Cappelli

X Congresso de Louvor e Adoração

20 abr

Uma semana se passou desde o congresso e não houve oportunidade de documentar as experiências que tive no mesmo. Minhas expectativas eram enormes e foram to-tal-men-te supridas. Falarei um pouco sobre a primeira noite e de uma experiência – super especial – entre a 7ª e 8ª programações, senão o post ficará grande em demasia.

Como abertura, a tia Ana Paula pregou e o tema foi “Correndo para Deus”. Neste tema ela abordou a seguinte reflexão: Porque devemos ir a Deus? Não devemos ir ao Senhor por interesses materiais ou por qualquer outro interesse. Devemos ir porque só Ele tem as palavras de vida eterna. Devemos ir porque O amamos. Tudo que você entrega a Deus NUNCA é perdido, mas o que você retém pode lhe ser tirado. Achei essa frase muito interessante: “Só come do pão do céu – Senhor Jesus – aquele que não vira as costas quando o outro pão – necessidade terrena – falta.” Foi uma benção e somente o começo.

Entre a sétima e oitava programações do Congresso – lançamento do cd “Não haverá limites – CTMDT 2”, palavra do Pastor Gustavo e encerramento com a tia Ana novamente, Deus fez algo tremendo comigo. E tenho certeza de que ele também pode fazer com você. A pregação foi sobre o Ide (Marcos 16:15), completando a mensagem trazida pelas canções do novo cd do CTM e Deus avivou um direcionamento no meu coração. Muitas pessoas vieram me falar que me viram na Rede Super e eu estava chorando como um bebê. Sim, de fato, estava. Recebi uma confirmação de Deus – através de uma amiga aqui do CTM, Pamella  Fontes – e não tive como me conter.

Meu pensamento naquela noite era: “Senhor, eu? Eu só tenho 17 anos. Como eu irei? Como o Senhor pode me usar para fazer a diferença?” Talvez você se sinta assim. Incapacitado em fazer a obra de Deus. Deixe-me compartilhar uma frase da pregação da Pastora Ezenete Rodrigues: “Não é você quem faz a obra, é o SENHOR JESUS que faz através de você.” Então, a Pam me abraçou e disse – com muita autoridade – a resposta àquelas palavras exatas que eu havia suspirado há 40 segundos atrás sem que ninguém ouvisse, só o Senhor. Essa é uma das características mais apaixonantes de Deus. Ele é pessoal. Haviam tantas pessoas naqueles congresso, mas Ele se preocupou com o meu clamor.

Parte da galera do CTM no congresso

Parte da galera do CTM no congresso

Creio que Ele pode me usar e te usar. Creio que Ele pode sarar esta geração através de nós, crianças, jovens e velhos que se disponibilizam a fazer Sua vontade.

Por fim, gostaria de pedir perdão e a compreensão de vocês pela demora em responder scraps e e-mails. Agradeço o carinho e amor que demonstram por mim, eles realmente conseguem fazer diferença em minha vida. Como eu disse a uma grande amiga – Aline Diniz – há uns dias atrás, desconheço a ausência de saudade. Semana abençoada!
Com muuuuuuito amor,

Dani.