Tag Archives: Jesus

O leproso e o vestibular

15 ago

Hoje me veio à mente aquela passagem onde Jesus curou os 10 leprosos e só um voltou pra agradecer. Lembra? Sempre me perguntei… Por quê só um voltou? Isso é uma estatística realmente baixa. Bom, guarda essa informação aí!

Ontem, experimentei um dos momentos mais felizes da minha vida… Passei no vestibular pro curso que eu queria, pra Federal que eu queria. No meu peito não cabia tanta gratidão.

Imagem

Rapidamente, me veio a mente todas as vezes que coloquei essa situação diante de Deus. Imagina… Foram longos 10 meses esperando. Tantas vezes chorei e disse: “Senhor, eu me esforcei tanto! Por favor, me abençoe com essa vaga! Por favor, Jesus!”.

Descobri que a gratidão verdadeira surgiu de um relacionamento íntimo de oração entre Jesus e eu. Quem está constantemente com Deus, ouvindo sua voz, esperando, esperando e esperando Nele, sabe o que estou dizendo. Quando chegamos no nosso alvo, toda a espera vale a pena porque no meio dela você (re)descobre o Espírito Santo como melhor amigo. O único que ouviu seus gemidos e sofrimentos todo santo dia e o único que sabia do futuro é o mesmo que te surpreende no final.

Veja que coisa interessante…

Se eu tivesse passado para o primeiro semestre, eu não estaria fazendo meu último ano de Teologia. Já tinha decidido que não daria pra conciliar duas faculdades ao mesmo tempo. Então, pensei… Bom, se eu não passei é porque Jesus tem um propósito nesse curso! Comecei a cursar a convalidação e já aprendi bastante através desses livros. Mas era só a pontinha do iceberg… Se eu tivesse passado pro primeiro semestre, eu estaria em greve (pra quem tá acompanhando, o pessoal da UFRJ está em greve há quase 3 meses) e seriam meses perdidos. Sem Teologia e sem Jornalismo. Parada, estagnada, zerada.

Assim, eu passei (ainda em greve), tendo tempo de terminar minha convalidação com excelência e tranquila por já ter entrado na Federal. Foi simplesmente perfeito. E muito…muito melhor que meus planos. Daí, voltando ao ex-leproso agradecido, posso tentar entender porquê ele voltou.

Porque talvez ele estivesse como eu, orando todos os dias por um propósito, não vendo o porquê de não ser respondido imediatamente. Mas naquele dia que ele foi curado, acredito que todas as orações voltaram à sua mente como um filme e, com certeza, lágrimas de gratidão lhe desceram pelos olhos. Porque não somente foi curado, mas ganhou um melhor amigo até chegar na sua cura.

Se você está esperando por alguma coisa… Aproveite esse tempo de estreitar os laços com Jesus porque quando a conquista chega, você sente que Ele é merecedor tanto quanto você e aí nasce a gratidão. Uma gratidão sem fim.

Deus é lindo! Um abraço!

Dani

Nem por uma hora?

9 maio

A luz entrava vagarosamente pela minha janela. Parecia preguiçosa, assim como eu quando acordei. Com um esforço mínimo, estendi a mão para pegar a bíblia e abrir em qualquer lugar. Sabe quando você faz isso? Então, caiu em uma passagem que encheu meus olhos de lágrimas.

Uma passagem meio “é com você mesmo que estou falando”. E era mesmo. A passagem foi quando Jesus disse “Vocês não puderam vigiar comigo nem por uma hora?” Nossa, foi quase um tapa na minha cara. Eu sabia que aquilo era pra mim.

Sabe quando você já está acostumado demais com sua rotina de oração e chega a olhar o relógio para conferir quanto tempo já orou, leu a Bíblia ou passou aos pés de Jesus? Então esse post também é pra você. Jesus está falando: “Você não consegue ficar comigo nem por uma hora?”. Quais são os limites que temos dado ao nosso tempo com Deus? Será que temos buscado Sua face o bastante? Será que checamos o relógio e dizemos para nós mesmo “Caramba, só se passaram 15min” ou “Vou ficar mais um pouco pra completar uns 40 min…”.

A presença de Deus precisa ser o melhor lugar do mundo pra você e pra mim. É ela que é capaz de mudar nossa vida, transformar nossos hábitos e mostrar os sonhos de Deus pra nós. Então, se você está com dificuldades de fazer seu devocional, de parar na presença de Deus, de orar como orava antes…

Aqui vão algumas dicas:

Leve música com você. Quando você ficar sem palavras, deixe a música tocar e somente adore a Deus.

Faça coisas que usualmente você não faria para expressar seu amor por Ele. Dance no seu quarto (mesmo que seja meio ridículo), deite no chão, declame um salmo, enfim. “Surpresinhas” pra Deus.

Faça algo que você gosta junto com seu tempo de devocional. Como assim? Bom, se você AMA café, leve uma xícara com você. Se você gosta da natureza, vá pra baixo de uma árvore. Se você não desgruda do seu violão, cante algo novo pra Jesus. Se você gosta de escrever, escreva sobre o que Deus te falou.

Aliás, esse é um hábito muito saudável na caminhada com Jesus. Nos momentos de desânimo e cansaço, é muito bom ler  sobre o que Deus fez e falou conosco há dias, meses ou anos atrás. Dá um novo fôlego de vida… mesmo.

E da próxima vez que você se deparar com a pergunta de Jesus: “Será que você não pôde ficar comigo nem por uma hora”, meu desejo é que você não se identifique com ela.

Um beijo, queridos.

@danielecappelli

Não quero conversar agora

26 jan

Prioridades são fáceis de definir. É só vermos no que estamos gastando nosso tempo. Se você é um super espiritual, não precisa continuar a leitura.

—-

Me vi sendo chamada por Deus – tantas e tantas vezes – a voltar e me relacionar com Ele. Muitas vezes ignorei a Jesus ficando horas no meu computador, ou vendo tv, lendo uma revista. Ignorei a Jesus mesmo passando horas vendo coisas sobre igreja, ou ligados a ela.

Sei que o Espírito Santo está comigo mesmo eu preferindo fazer outra coisa. Ele também está aí, Ele mesmo te trouxe até essa página.

“- Não, eu não quero conversar agora. Preciso falar com meus amigos, checar o jornal, o email, preciso ver alguns vídeos também. 

– Mas…

– Não me importo se você está esperando por mim, eu quero satisfazer o MEU desejo agora. Depois eu canto pra você, se você quiser. “Faça a Tua vontade”, não é assim que eu canto? Isso vai te fazer feliz?

– Filha…

– Se eu cantar da boca pra fora, o Teu Espírito vai parar de me chamar e me deixar em paz? Vamos combinar: À noite, eu te dou um pouco do meu tempo. Ou pode ser amanhã de manhã também. Vou até abrir a bíblia pra receber alguma palavra revelada de Ti. Olha, 15 atualizações!

(…)

– Como eu estava falando, vou me arrepender, agradecer, aquele ritual. Claro que o Senhor vai me abençoar… Agora você pode me deixar continuar o que estava fazendo?

– Tudo bem…”

Essa cena lhe é familiar? Esse é o discurso do meu coração e a educação de Deus. Quando priorizo outras coisas fúteis ao invés de passar um tempo que pode mudar minha vida ao pés do meu Criador, eu priorizo uma morte lenta, afastada da única vida.

O que você escolherá hoje? Até quando vai ignorar Deus te chamando?

Busquem o Senhor enquanto se pode achá-lo; clamem por ele enquanto está perto. 
Isaías 55:6

Sua busca esfriou?

5 jul

O quanto você tem se entregado a Deus?

Certa noite, estava lendo minha bíblia e falando com Deus. Meu devocional costuma ser à noite, antes de dormir. Estava tão satisfeita com minha vida devocional que estagnei. Como assim? Ler a bíblia todos os dias e orar já estava bom pra mim. Sinceramente, eu mesma não percebi o quanto isso estava me fazendo mal. Quando você passa tempo com Deus e depois desse tempo você tem aquele alívio pensando “Já tive minha porção por hoje”… Isso é muito perigoso. Quando fazemos nosso relacionamento com Deus uma rotina quer dizer que o desejo que temos por Ele está se apagando aos poucos.

Eu sei que essa palavra é dura, mas é necessária.

Onde estão aqueles dias onde você chorava aos pés de Deus e não queria sair da sua presença? Onde estão aqueles joelhos que tocavam o chão, os gritos que saíam da sua boca, a dança que só saía dentro do seu quarto? Onde está aquela oração onde você oferecia todos os seus planos? Onde estão aqueles 3 acordes no violão que duravam a tarde inteira? Onde está aquela oração fervorosa por missões? Onde está aquele louvor que nunca ninguém ouvirá, que você fazia só pra alegrar o coração de Deus? Onde está a chama do teu coração?

Deus começou a me despertar, me fazendo todas essas perguntas. Sei que se você abriu esse blog, Ele também está fazendo a você.

Aí está: Onde caí? Onde caí, Senhor, que nem percebi? Estava tudo tão bem! Estava batendo meu ponto, lendo minha bíblia, pedindo perdão dos meus pecados. Ah…. Deus deseja muito mais que isso! Ele deseja sua presença mais do que você possa imaginar! Há sempre mais! DEUS TEM MUITO MAIS DO QUE ISSO! DESPERTE!

Busque a chama que vem de Deus. Tire mais tempo para orar e buscar o Espírito Santo. Não esteja satisfeito com sua porçãozinha do dia, daquele versículo da caixinha de promessas. QUEIRA MAIS! DEUS TEM MAIS! MESMO QUE NÃO SINTA, BUSQUE. BUSQUE E ACHARÁ. BUSQUE!

Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta. Mateus 7:8

O Senhor é bom para com aqueles cuja esperança está nele, para com aqueles que o buscam; Lamentações 3:25

O Senhor olha dos céus para os filhos dos homens, para ver se há alguém que tenha entendimento, alguém que busque a Deus. Salmos 14:2

No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. João 4:23

Busque ter um coração ardente que não consiga ficar sem a presença do Pai. Ele sente tanto sua falta…

Tanto…

Se puder, comece agora. Tire um tempo para orar. Só por alguns minutos. Deus quer ouvir sua voz.

Mudança x Conforto

29 jun

Achei interessante a ideia de publicar textos não só meus aqui no blog. Por isso, convidei (e convidarei) alguns amigos a escreverem também. Por acaso, esse texto a seguir tem tudo a ver com o que temos tratado por aqui. Mudança, crescimento, espera. Post muito bem escrito pelo meu amigo Will. Aproveitem!

—–

Limpar, encaixotar, desarrumar e arrumar… Têm certos processos de mudança que são chatos demais! Eu é que sei! Nesses últimos dias (meses) eu estou passando por isso em diversas áreas da minha vida e é fato, seja a mudança que for, não é uma tarefa fácil.

Era uma tarde de um dia qualquer e eu estava subindo de elevador com algumas caixas para o apartamento para o qual eu estou indo morar. Quando a porta estava quase se fechando dois senhores e um cachorro chato que cheirava tudo – que não vem ao caso – entraram com uma conversa nostálgica. Embora fosse notória a empolgação de cada um deles, pra mim aquilo não passava de um papo tedioso. Tentei não ouvir e me concentrar nos meus pensamentos, mas eles falavam um pouco alto e eu achei interessante a habilidade que eles tinham de, por exemplo, citar “máquina de escrever” e “Jac Motors” em uma mesma frase, além do mais acho que seria ignorância da minha parte tapar os ouvidos e cantar “lá-lá-lá Brizola”. Depois que saíram do elevador fiquei pensando no assunto e vi que realmente a mudança é necessária, mais do que isso, ela é inevitável.

Segundo o dicionário, mudar significa alterar, modificar, transformar, converter e sua aplicação depende da circunstância e necessidade do momento. Parafraseando C. S. Lewis, cada vez que fazemos uma opção, estamos mudando a nossa própria essência em alguma coisa um pouco diferente do que se era antes. Ou seja, mudamos o tempo todo! Mudamos, por exemplo, quando ligamos a televisão e perdemos horas em entretenimento ao invés de ir aos cultos (principalmente aos que acontecem durante a semana). Mudamos quando gastamos mais de trinta minutos diários em redes sociais ao ponto de não nos imaginarmos uma semana sem acessá-los, mas não sabemos a última vez que investimos 30 minutos semanais em uma conversa a sós com Deus. Quero dizer que é fácil dizer que nossas atividades têm ocupado todo o nosso tempo quando na verdade temos o roubado para saciar a vontade da nossa carne. O que tenho visto nesses tempos é que a dificuldade da mudança ocorre porque não queremos quebrar o maior paradigma de nossa existência que é o nosso conforto e nossa tranqüilidade. Colocamos os nossos afazeres como empecilho e temos nos tornado apáticos a Deus.

No livro de Romanos no capítulo 12, Paulo faz um convite a todos de sermos agentes de transformação, pois é desta maneira que experimentaremos a boa, agradável e perfeita vontade de Deus para as nossas vidas. Não sei vocês, mas Paulo com todo o seu testemunho me constrange tanto. Neste capitulo, por exemplo, aprendo que Deus me instituiu um agente do Seu Reino, basta que eu tenha uma vida de um relacionamento genuíno com Ele. Vejo o quanto somos egoístas com Deus e o quanto Ele é bom, perfeito e amável. Incentivo a você a mudar! Busque princípios na palavra e fortifique sua fé. Invista no seu ministério e saia do conformismo. Se seu ministério não te desafia, não te estimula a investir um pouco mais no reino, preocupe-se e questione se o lugar em que está é o lugar certo. Viver com Deus é viver em novidade de vida a todo tempo.

Chegou o tempo de fazermos aquilo que nunca fizemos para alcançar o que ainda não alcançamos e isso cabe a todas as áreas de nossas vidas. Inclusive e principalmente a espiritual. Nunca pregou? Pregue! Nunca Jejuou? Jejue! Nunca fez uma vigília a sós com Deus? Faça!

Dê o primeiro passo, geralmente é esse que é o mais difícil. Não precisa ir muito longe. Saia da sua zona de conforto e tenha certeza que mudar é preciso.

Willian Wendos

Will é meu amigo, Seminarista da Faculdade Sul Americana, formado em Louvor e Adoração pelo CTMDT e professor de Arte na Adoração da Escola de Louvor .

 

Facebook – Willian Wendos

Trailer “O Viajante”

17 jun

Galerinha do bem, quero registrar aqui o trailer do espetáculo que produzimos pro segundo semestre de 2010 no CTMDT, chamado “O viajante”.

A história contava sobre o Viajante (Joel) que percorria por algumas das cosmovisões no mundo – Naturalismo, Ateísmo, Cientificismo, Nova Era, Panteísmo – procurando pela verdade absoluta. O encontro do Viajante (Joel) com Jesus (Bruno – que representava a peça chave do espetáculo, se vestindo de 4 personagens) mostra que Deus se apresenta a nós de maneira simples, mas a única realmente verdadeira.

Olha o cartaz de divulgação aí!

O Kleberson postou ontem no Youtube e achei que vocês quisessem relembrar. E aos que não são do CTMDT, uma palhinha de como era puxado o nosso trabalho! hahahah. Tudo isso em menos de dois meses! Parabéns a todos que participaram, ficou ABSOLUTAMENTE LINDO!

Também tem esse vídeo que o Bruninho postou, de um pedacinho do “O Viajante”!

Elenco, direção e nossa professora HelenaElenco, Direção e nossa professora Helena Tannure na matéria “Arte na Adoração”

Beijo e um queijo,

Dani  

Jesus no Twitter

19 abr

Você gosta de Twitter?

Vídeo muito criativo, especialmente interessante para os jovens que pensam em trabalhar com mídias, etc para atrair pessoas a Cristo.

Como seria se no tempo de Jesus tivesse twitter? Você o seguiria?

Espírito Santo, Guaravita e eu.

18 mar

Cheguei em um determinado lugar e lá encontrei uma bela garota com seus 18 anos, cabelos lisos e bem arrumados, jogados à direita. Como ela chegou e sentou ao meu lado, comecei a puxar papo,  o que não foi difícil porque ela me pareceu bem sociável. A conversa continuou com o seguinte rumo: Eu fazia perguntas sobre ela e ela sobre o que eu fazia. Até aí, tudo bem, já passei por isso outras vezes.

Chegou a hora em que saímos daquela sala para o intervalo. Ela encontrou com outra amiga fora dali. Ótimo – pensei – uma nova oportunidade de conhecer alguém! Então as duas começaram a cochichar baixinho… E de repente a amiga perguntou “Você conhece ela?” – É, não vou escrever certo porque foi assim mesmo que a menina disse. Continuando, a suposta nova conhecida disse imediatamente que não, com um olhar de desdém. As duas se fecharam, dando as costas pra mim.

Saí dali e fui comer sozinha em outro lugar, ruminando o que tinha acabado de acontecer. Por quê? Por que a menina me tratou dessa maneira? Ela disse que não me conhecia após ter conversado pelo menos 1 hora comigo!

Simples… Hoje em dia, a maioria das pessoas só constrói relacionamentos porque convém fazê-lo. Porque é muito mais fácil você viver em uma relação parasitária, onde você suga, suga suga… do que meramente numa protocooperação, onde os dois se acrescentam, se ajudam, se constroem.

Meu coração se entristeceu naquele momento… Minha vontade? A mesma que você teria. Entrar lá, ser até legalzinha se ela viesse falar de novo, mas nunca mais puxar papo, ou melhor, não construir uma amizade de jeito nenhum.

No minuto seguinte, senti docemente o Espírito Santo falando comigo: “no Reino de Deus é diferente”. E ali começamos a conversar, eu e o Espírito Santo, com um Guaravita na mão e as lágrimas querendo descer. Ele foi ministrando ao meu coração que ser cristão é dar a outra face pra bater, é começar um relacionamento se doando, amando, confiando. Isso é Reino de Deus. O maior amor é daquele que dá a vida por seus amigos (João 15:13). E ainda pior, mais difícil e intrigante, amem os seus inimigos, façam o bem aos que os odeiam! Tá desacreditando??? Abre lá sua Bíblia em Lucas 6:27! É isso mesmo! Amem, porém, os seus inimigos, façam-lhes o bem e emprestem a eles, sem esperar receber nada de volta. (Lucas 6:35).

A porta da sala estava entreaberta… Entrei com uma aparência séria, de quem estava prestes a fazer o que não queria. É, aquela mesma carinha aos 7 anos quando estamos prestes a fazer o que o pai mandou. Sentei ao lado dela de novo. O que ela fez? Sorriu pra mim. Tá, agora você deve estar pensando: “Po, mas ela ficou de costas pra você com a amiga dela, te deixando sozinha em um intervalo!” O que eu fiz? Respirei fundo e sorri de volta.

O Reino de Deus é nadar contra a maré. Ninguém disse que seria fácil.

“Todos eles saberão que somos discípulos de Jesus se amarmos uns aos outros” João 13:35

Da próxima vez que conhecer alguém, se encontrar com alguém… avalie suas motivações. Você só investe em um relacionamento que pode lhe trazer benefícios? Beneficie alguém hoje, essa semana, esse mês. Ame verdadeiramente as pessoas. Quando mais nos doamos, mais somos cheios. Prefira a protocooperação, beba mais Guaravitas conversando com Deus…

Dani

Ser aceito é o alvo.

9 mar

Eu admito, ser jovem e ainda cristã no século XXI não é tarefa fácil.

Pra nossa geração como um todo, ser feliz é conseguir uma boa vida profissional, “dormir” com o maior número possível de pessoas, experimentar tudo que a vida tem a oferecer.  Percebe como estamos afundando? Entre uma dose e outra, descobrimos que nossa saúde não é tão forte assim, entre um caso e outro percebemos que o que queríamos na verdade é experimentar o amor verdadeiro e não o amor fútil e superficial de um monte de caras/meninas. Fala sério, quando colocamos nossa cabeça no travesseiro, o que passa por ela?

Pra ser sincera, o que todo mundo deseja é ser amado. Ser admirado, ser aceito. Por isso tentamos contruir uma vida sobre as coisas que temos. Porque só assim as pessoas vão olhar pra você com olhar diferente, vão saber o quanto sou capaz profissionalmente, vão saber que ganho o bastante para usar MARCA A ou MARCA B. Finalmente vou ser amado. O desejo por aceitação não vem do século XXI, vem do século em que os séculos nem existiam….

A Bíblia nos conta a história de um homem que tinha um relacionamento pleno com Seu Criador. Ele não precisava de mais nada além do encontro no meio da tarde. Após um tempo, o Criador deu a esse homem um presente que o complementaria. Esse presente foi a mulher, finalizando a criação assim como uma chave é feita para a fechadura. Um dia, eles escolheram errar (e muitos de nós que ficam dizendo “Por que eles fizeram isso???” erramos no mínimo umas três vezes ao dia…) e assim o relacionamento se quebrou. Se rompeu. O homem teve que começar a trabalhar e a mulher começar a ter dor ao dar a luz.

A partir daí o homem começou a se sentir aceito ao trazer mantimento para a sua família e a mulher, ao colocar vários filhos na Terra. Nos tempos antigos, as mulheres estéreis eram vistas como sem valor (você pode checar isso na história de Ana). Nesses tempos que estamos vivendo, a mulher alcançou um grande valor no mercado de trabalho e parte de sua aceitação na sociedade se relaciona ao trabalho. Mas cá entre nós, nós mulheres nos sentimos aceitas muito mais pelo amor do sexo oposto.

É por isso que garotas da minha idade, mais novas e mais velhas tem entregue seu coração a qualquer um. É o preço de ser aceita. Ser amada no século XXI se tornou sinônimo de sexo. você sabe o quão grave isso é? É uma ferida que pode demorar anos pra sarar. Mas quando você se compromete em esperar, Deus faz com que as coisas deem certo. Eu sei, eu sei, esperar é difícil, principalmente nessa área (e principalmente pros meninos). São muitos hormônios, pensamentos… Porém, de uma coisa eu tenho certeza, ESPERAR É O MELHOR.

Você pode até dizer “Mas eu planejo casar com ele!” Ok…. se você planeja, deixe ele te provar o quanto você tem valor, que vale a pena esperar por você até a hora do “Sim”. E pros meninos, não se envolva rápido demais. A mulher/garota NÃO é um objeto e se você tratá-la assim, é assim que ela irá se enxergar daqui pra frente. Até esse sofisma sair da mente, demora e demora….

Ser feliz de verdade, de acordo com aquele que criou você é ter um relacionamento com Deus, amar você mesmo e amar o próximo. Taí o resumão da felicidade. Se você ama Seu Criador, você conversará com Ele, quererá saber a vontade Dele pra Sua vida, ele mesmo te dará um propósito pra viver. Amar você mesmo significa não dar a chave do seu coração a outra pessoa, a amar sua aparência. Amar ser loiro(a), moreno(a), negro(a), amarelo(a), palito, gordinho(a) etc. Amar seu próximo, implica não fazer nada que você não queira que façam a você. Ser feliz é descobrir sua identidade no Criador e fazer aquilo que Ele te criou pra fazer!

Cumprindo isso, meu camarada, é sorriso na certa!

Para ser aceito(a), aceite Aquele que te criou!

Não seja um jovem “cristão” que sai pra balada, fica com as meninas(os) e no domingo aparece de cara lavada na igreja! Não seja um jovem “cristão” morno que bate o ponto na cadeira da igreja e durante a semana nem lembra que Deus existe. Não seja um jovem “cristão” amendrontado, não tenha vergonha de quem não se envergonhou de morrer por um pecador como você.  Te desafio a ser um cristão de verdade!

Se você tem sido isso tudo descrito acima, ainda há esperança. Arrependa-se porque o Deus amoroso é fiel e justo para te perdoar de todo pecado e te purificar de toda injustiça.

um beijo, queridos!

Dani